Início Setor Elétrico Estudo da BCG mostra como distribuidoras se beneficiam com tecnologias digitais

Estudo da BCG mostra como distribuidoras se beneficiam com tecnologias digitais

-

As empresas do setor elétrico, mais especificamente as distribuidoras, estão aumentando em 50% a disponibilidade de trabalhadores em campo e reduzindo em 25% o tempo necessário para tarefas de rotina e em 30% as viagens repetidas ao otimizar procedimentos com tecnologias digitais que, há dez anos atrás, eram consideradas inimagináveis ou muito caras. A conclusão é do estudo How Utilities Can Boost Workforce Productivity with Digital, recém-lançado pela empresa de consultoria estratégica The Boston Consulting Group (BCG).

Segundo o documento, foram identificadas quatro etapas para se atingir um ambiente de trabalho digitalmente conectado. “Enquanto a digitalização completa é o objetivo final, até mesmo organizações que movem apenas uma ou duas etapas nesse caminho – por exemplo, padronizando e otimizando os sistemas legados usados para gerenciar suas forças de trabalho – podem economizar custos significativos e aumentar a eficiência e a confiabilidade do fornecimento”, aponta o estudo.

A primeira etapa, de acordo com o material, explica que somente poucas empresas ainda dependem de sistemas legados de gerenciamento. Tais sistemas compreendem principalmente processos manuais, baseados em papel, nos quais a tomada de decisões ocorre no local e não remotamente no centro das operações.

A segunda etapa abordada no estudo trata das operações padronizadas para o gerenciamento da força de trabalho. De acordo com o documento, as empresas podem obter benefícios significativos com relativamente pouco investimento. Ferramentas simples de rastreamento, como sistemas GPS de veículos e smartphones de tripulação, bem como soluções de TI baseadas em planilhas são alguns exemplos citados.

O documento explica ainda que quanto menos tempo as empresas gastarem coordenando e se preparando para as tarefas, mais horas disponíveis um trabalhador terá para realizar uma determinada atividade. Segundo o estudo o tempo disponível pode aumentar de uma a duas horas por dia e reduzir as horas extras em um terço. As empresas podem reduzir o tempo de viagem em até 20% agendando trabalhos próximos, para que a mesma equipe os execute.

O terceiro estágio fala sobre o agendamento otimizado e como as empresas podem ganhar com isso. O estudo explica que atribuir equipes de acordo com sua proximidade ao local do problema reduz viagens desnecessárias, reduz os tempos de resposta e aumenta a produtividade. “A otimização do agendamento, porém, exige mais esforço e investimento das concessionárias do que a padronização simples. As companhias devem alternar para sistemas sem papel e digitalizar dados de ativos para que os funcionários possam comunicar as informações da tarefa eletronicamente”, revela o trabalho.

A última etapa do documento fala sobre a força do campo digital e cita um ambiente totalmente digitalizado incluindo sensores conectados e, principalmente, inteligência artificial, assunto que pauta as discussões sobre tecnologia no setor elétrico e que pode aumentar substancialmente a eficiência de uma distribuidora enquanto reduz os custos.

“As empresas que buscam a digitalização completa devem estar preparadas para investir significativamente, com dinheiro e tempo. Afinal, eles precisarão de recursos para coletar e analisar grandes quantidades de dados: uma típica empresa de rede de energia de médio porte gera cerca de 60 milhões de itens de dados por dia do campo. Isso requer a atualização e a integração de sistemas de software existentes que controlam operações, gerenciamento de rede e de interrupções e gerenciamento da força de trabalho para obter um fluxo de informações contínuo e em tempo real” completa o estudo.

Fonte: Marco Sardenberg
Publicado em 26/04/2018 m Clipping Digital Brasil Energia

Avatar
Berkan - Auditoria e Consultoria
Nós da Berkan antecipamos problemas, compartilhamos ideias, buscamos e propomos soluções. Escritórios em Blumenau e São Paulo #auditoria #consultoria

Categorias

Mais populares